x
 INSTITUCIONAL
 PRODUTOS
 SERVIÇOS
 EXCLUSIVO
 ARTIGOS
 IMPRENSA
 AGRICULTURA
 MIP
 +55 19 99910-1858
x
NEOMIP MAX
MACROMIP MAX
STRATIOMIP
TRICHOMIP-P
TRICHOMIP-G
Eficácia e Praticabilidade Agronômica
Estudos de Resíduos Químicos
MIP
Seletividade (Organismos Não Alvo)
Menu E-Commerce Busca
 
 

Você está em: Exclusivo

 
 
 
 
2018-04-06
Ácaros predadores têm eficiência comprovada para manejo biológico de pragas em Londrina/PR
 
 

A região de Londrina/PR produz cerca de 315 toneladas de morango por ano, segundo o Emater (Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural, o clima seco ajuda na produção do morango, já que a produção na região é toda irrigada.

Porém, o clima seco também é propício para aparecimento do ácaro rajado (Tetranychus urticae), aumento sua incidência na cultura, ainda de acordo com a Emater, em 2014 houve relatos de produtores que perderam toda sua produção devido ao ataque incontrolável praga.

“O ácaro rajado é uma praga voraz, se não controlado, ele pode reduzir a produção do fruto em até 80% e quando em altas densidades, tem poder, inclusive, para abreviar o ciclo de cultivo do morangueiro” explica a bióloga e doutora em Tecnologia da Produção Agrícola, Dra. Lillian Pereira, analista de desenvolvimento de mercado da PROMIP.

O produtor Ailton Luiz Carneiro, há mais de 30 anos produz morango na cidade de Londrina, Ailton relata ter sofrido muito com o ataque do ácaro rajado.

“Nós plantávamos o morango, cuidava, mas quando chegava a época da colheita, o ácaro atacava toda a plantação, pulverizava acaricida, vários produtos e nada dava certo”.

Após todas as dificuldades para controlar a praga, Ailton passou a procurar outros métodos mais eficientes, foi assim que chegou no controle biológico, técnica que utiliza meios naturais, notadamente outros organismos vivos, criada para diminuir a população de organismos considerados pragas.

A PROMIP, considerada a primeira biofabrica do Brasil, oferece soluções tecnológicas para o Manejo Integrado de Pragas, utilizando ácaros predadores de combate e manejo sustentável de pragas. Os ácaros predadores N. californicus (Neomip Max), P. macropilis (Macromip Max) comercializados pela PROMIP têm eficiência comprovada contra o ácaro rajado, conforme relata Ailton.

“Há cinco anos, desde que comecei a utilizar o Neomip Max, não utilizo mais acaricida nos meus morangos. Eu resolvi o meu problema de ácaro rajado”, afirma.

Ailton Luiz Carneiro: “com o ácaro predador da PROMIP eu resolvi meu problema de ácaro rajado”

 
 
 
voltar para home
 
Ácaros predadores têm eficiência comprovada para manejo biológico de pragas em Londrina/PR
2018-04-06

A região de Londrina/PR produz cerca de 315 toneladas de morango por ano, segundo o Emater (Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural, o clima seco ajuda na produção do morango, já que a produção na região é toda irrigada.

Porém, o clima seco também é propício para aparecimento do ácaro rajado (Tetranychus urticae), aumento sua incidência na cultura, ainda de acordo com a Emater, em 2014 houve relatos de produtores que perderam toda sua produção devido ao ataque incontrolável praga.

“O ácaro rajado é uma praga voraz, se não controlado, ele pode reduzir a produção do fruto em até 80% e quando em altas densidades, tem poder, inclusive, para abreviar o ciclo de cultivo do morangueiro” explica a bióloga e doutora em Tecnologia da Produção Agrícola, Dra. Lillian Pereira, analista de desenvolvimento de mercado da PROMIP.

O produtor Ailton Luiz Carneiro, há mais de 30 anos produz morango na cidade de Londrina, Ailton relata ter sofrido muito com o ataque do ácaro rajado.

“Nós plantávamos o morango, cuidava, mas quando chegava a época da colheita, o ácaro atacava toda a plantação, pulverizava acaricida, vários produtos e nada dava certo”.

Após todas as dificuldades para controlar a praga, Ailton passou a procurar outros métodos mais eficientes, foi assim que chegou no controle biológico, técnica que utiliza meios naturais, notadamente outros organismos vivos, criada para diminuir a população de organismos considerados pragas.

A PROMIP, considerada a primeira biofabrica do Brasil, oferece soluções tecnológicas para o Manejo Integrado de Pragas, utilizando ácaros predadores de combate e manejo sustentável de pragas. Os ácaros predadores N. californicus (Neomip Max), P. macropilis (Macromip Max) comercializados pela PROMIP têm eficiência comprovada contra o ácaro rajado, conforme relata Ailton.

“Há cinco anos, desde que comecei a utilizar o Neomip Max, não utilizo mais acaricida nos meus morangos. Eu resolvi o meu problema de ácaro rajado”, afirma.

Ailton Luiz Carneiro: “com o ácaro predador da PROMIP eu resolvi meu problema de ácaro rajado”

 
 
voltar

 
© 2018 PROMIP. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Sopa de Ideias
 
10 anos de PROMIP
FICOU INTERESSADO EM NOSSAS SOLUÇÕES?
FALE COM A PROMIP
Nome: E-mail: Mensagem:
Linkedin Facebook Instagram Youtube
Voltar
© 2018 PROMIP.
Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Sopa de Ideias